Aprenderdorismo

Empreender é uma arte
19 de maio de 2021 - Por: Elias William

Quem é Guilherme Benchimol da XP Investimentos?

Guilherme Benchimol, cofundador da XP Investimentos, é um exemplo nítido de como as escolhas influenciam nossas vidas. Nascido no Rio de Janeiro em 1977, o ex-CEO da companhia é formado em Ciências Econômicas pela UFRJ e faz parte da lista de bilionários da Forbes 2021, com fortuna estimada em R$ 2,6 bilhões. 

Filho de pai médico, gostaria de seguir a carreira na medicina, mas desistiu após acompanhar o pai ao dar uma notícia de falecimento. Foi impactado por uma matéria da revista Exame que abordava empreendedores e seus investimentos. Foi para a UFRJ e disparou uma série de currículos para bancos e corretoras. Passou por estágio em empresas na área de back office até chegar a uma empresa que seria futuramente vendida ao Santander. 

Viajava pelo país atrás de clientes ao mesmo tempo em que a bolha das empresas de tecnologia estourou, quando acabou sendo demitido. Com isso, foi à Porto Alegre para assumir uma vaga com a qual teve contato durante uma de suas viagens. 

O início da XP

Junto a um colega da empresa atual, Guilherme Benchimol tinha a vontade de criar um escritório de agentes autônomos. Entre incertezas, falta de rendimentos e dificuldades, até ofereceram 10% da companhia à estagiária Ana Clara, com quem Benchimol se casaria futuramente. Com os altos custos e problemas, o CEO vendeu a própria caminhonete para quitar dívidas.

Dando um passo para trás, percebeu que a população não entendia sobre educação financeira e investimentos. Assim, decidiu oferecer um curso de como investir na Bolsa. Com a iniciativa dando certo, os sócios abriram mais turmas dali para frente para conseguir dinheiro de forma rápida e eficaz. Desta forma, atraíram agentes autônomos interessados em ministrar cursos sob a promessa de uma participação nos lucros. 

A expansão por cidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná foi tanta que abriam 200 contas por mês, chegando a receitas de quase R$ 3 milhões no ano de 2004. Benchimol decidiu dar um passo maior e transformar a XP em uma corretora de ações e assim fez. Se mudou para o Rio de Janeiro comandando uma rede de R$ 50 milhões e lucro de R$ 10 milhões em 2007. 

Pouco tempo depois, a crise de 2008 abalaria a empresa que demitiu funcionários, reduziu salários e tomou certas atitudes que causaram prejuízos de até R$ 2 milhões. Era preciso diversificar, então Guilherme criou a área de seguros e passou a investir no setor de investidores institucionais. 

Bolsa de Valores e aportes

Em 2010, a empresa foi avaliada em R$500 milhões e tinha cerca de 70 mil clientes que geravam receita de R$185 milhões, recebendo um aporte de R$100 milhões. Com a possibilidade de abertura de capital, novamente a empresa foi avaliada, mas desta vez o valor era de R$1,2 bilhão, aportando um total de R$570 milhões, marcando a entrada do segundo fundo. Em 2017, o Itaú aportou R$ 6 bilhões para comprar 49,9% do capital da XP, negociação que se estende com rusgas e discussões ao longo dos anos. 

Em 2019, a XP abriu o capital na Nasdaq, com a avaliação da empresa chegando a R$ 62,5 bilhões, mesma época em que Guilherme Benchimol seria considerado um dos executivos mais influentes do mundo segundo levantamento da revista Bloomberg. Neste momento sua fortuna atingiu o patamar de mais de R$ 15 bilhões, o que o colocou na lista de bilionários da Forbes no mesmo ano. 

Já em 2020, a empresa alcançaria a marca de 2,6 milhões de clientes ativos, além de valor de mercado de R$130 bilhões e mais de 2 mil funcionários. Ao longo de sua trajetória, a XP comprou empresas como a AmericaInvest, Interfloat, Senso Corretora, Infomoney, Clear Corretora, Prime Corretora e Rico Corretora 

Recentemente, a XP Investimentos foi reconhecida como a melhor Corretora Digital de 2020 pelo Prêmio Ibest. 

Educação Financeira e conhecimento

Em 2020, Guilherme Benchimol fundou a XPEED, escola da XP Investimentos focada em negócios, formação e educação financeira de nível básico a profissionalizante. Por lá é possível encontrar desde cursos gratuitos até MBAs. 

Como sempre deixou claro, o objetivo da XP é inovar e transformar o mercado financeiro com serviços e informações de qualidade para impulsionar as pessoas e suas vidas. Pensando nisso, por meio da XPEED, Guilherme traz 4 lições sobre empreendedorismo, que são:  

  • Parceria para dividir os sonhos, dificuldades e conquistas com pessoas qualificadas 
  • Resiliência para seguir firme e superar obstáculos financeiros e emocionais 
  • Humildade para aprender com erros e falhas 
  • A menor distância entre dois pontos é um zigue-zague

Guilherme Benchimol e a XP Investimentos

Com a trajetória de sucesso servindo de inspiração para milhares - e talvez até milhões de pessoas -, Guilherme tem um livro escrito pela jornalista Maria Luíza Filgueiras, intitulado  “Na Raça – Como Guilherme Benchimol criou a XP e iniciou a maior revolução do mercado financeiro brasileiro”, onde traz a história da evolução da empresa e muito mais. 

Em seu Instagram, Guilherme acumula mais de 500 mil seguidores, onde compartilha informações sobre o mercado financeiro, lições sobre investimentos e muito mais. Já a XP tem mais de 1 milhão de seguidores no Instagram, além de mais de 300 mil inscritos no YouTube, entre outras redes sociais como Twitter e LinkedIn

Fontes

https://www.infomoney.com.br/perfil/guilherme-benchimol/

https://www.instagram.com/guilhermebenchimol/?hl=pt-br

https://www.xpi.com.br/fale-com-o-guilherme/

https://rivainvestimentos.com.br/a-historia-de-guilherme-benchimol-e-da-xp-investimentos/

https://www.suno.com.br/tudo-sobre/guilherme-benchimol/

https://tc.com.br/perfis-do-mercado/guilherme-benchimol

https://www.seudinheiro.com/2021/economia/guilherme-benchimol-deixa-cargo-de-ceo-da-xp-e-assume-nova-funcao/

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram