Aprenderdorismo

Empreender é uma arte
8 de junho de 2021 - Por: Elias William

Quem é Jan Koum?

A necessidade de estabelecer comunicação rápida e eficaz com qualquer pessoa ao redor do mundo motivou a criação de um dos aplicativos mais relevantes de todos os tempos: o WhatsApp.

Cansado de perder ligações enquanto estava ocupado, o criador do app, Jan Koum, pensava em algo que pudesse mostrar a disponibilidade das pessoas para receber chamadas. 

Junto a um amigo, Koum reuniu toda experiência que adquiriu ao longo dos anos em programação e a recém-compra de um iPhone no ano de 2009, para criar o aplicativo que revolucionaria a forma de se comunicar. Isso só foi possível devido à percepção de Koum em relação à crescente presença de novos aplicativos na loja virtual da Apple, a App Store. 

O WhatsApp

As próprias experiências como a formação na San Jose State University, a amizade com os fundadores do app de música Napster e o trabalho durante 10 anos no Yahoo!, renderam a Jan Koum a bagagem necessária para criar o WhatsApp, em 2009. 

A primeira versão lançada tinha uma única função: visualizar o status do usuário para receber chamadas. No entanto, ao longo dos anos a ferramenta evoluiu consideravelmente, permitindo enviar e receber fotos, áudios, vídeos, ligações, chamadas de vídeo, criação de grupos, entre outras funcionalidades. 

Para permitir as melhorias, Koum e seu sócio, Brian Acton, atraíram investidores que trabalhavam no Yahoo. Como um efeito manada, a cada mudança os sócios atraíam novos investidores. 

Lançado inicialmente apenas para iPhone, o app chegou a outros sistemas operacionais no ano seguinte, em 2010. Há quem lembre que o WhatsApp chegou a ter uma versão paga no valor de US$ 0,99 por ano, o que fez a empresa crescer.  

WhatsApp e o Facebook

É até interessante perceber que durante sua trajetória, Koum tentou uma vaga no Facebook ao sair do Yahoo, mas foi rejeitado pela empresa de Mark Zuckerberg. Anos depois, em 2014, Koum faria parte da diretoria do Facebook a pedido do próprio CEO do Facebook. 

Tal estratégia tinha um interesse de Zuckerberg: comprar o WhatsApp, intenção  consolidada em 2014, por mais de US$ 19 bilhões. Dois anos depois, Jan vendeu suas ações do Facebook por bilhões de dólares. 

À época, o número de usuários era de 400 milhões mensais, número que já passou de 1 bilhão. Recentemente, o WhatsApp passou a adotar o uso de GIFs, stickers e até transferência de dinheiro sob a tutela de Mark Zuckerberg.  

Patrimônio e pessoa

Nascido em Kiev, na Ucránia, Jan Koum vivia em um subúrbio do país de origem, mas mudou-se para os Estados Unidos durante a adolescência. Anos depois, o programador construiu patrimônio de US$ 9,2 bilhões. 

 

Fontes

https://canaltech.com.br/carreira/conheca-a-trajetoria-de-jan-koum-criador-do-whatsapp-93972/

https://www.suno.com.br/tudo-sobre/jan-koum/

https://www.ibccoaching.com.br/portal/historia-de-jan-koum-de-imigrante-pobre-criador-do-whatsapp/

https://www.jrmcoaching.com.br/blog/a-historia-de-jan-koum-criador-do-whatsapp/

https://tecnoblog.net/318493/quem-criou-o-whatsapp/

https://www.techtudo.com.br/listas/2019/01/quem-inventou-o-whatsapp-veja-oito-curiosidades-sobre-a-historia-do-app.ghtml

https://epocanegocios.globo.com/Inspiracao/Vida/noticia/2014/02/historia-e-o-estilo-de-jan-koum-criador-do-whatsapp.html

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram