Aprenderdorismo

Empreender é uma arte
9 de agosto de 2021 - Por: Elias William

Vale a pena ter um Venture Capital como sócio?

Para que uma empresa cresça, é preciso de um capital para financiar suas atividades. Esses recursos podem vir de terceiros ou serem próprios. Caso você não tenha dinheiro suficiente para aplicar no seu negócio, existem diversas maneiras de consegui-lo. Escolher qual utilizar vai depender das condições do mercado e em que nível de desenvolvimento a empresa se encontra.

Dentre as opções estão os fundos de Private Equity e Venture Capital, que muitas pessoas não conhecem com clareza, mas quanto a isso fique tranquilo, vamos explicar o que são os dois termos e a importância para o capital de uma empresa.

O que é Venture Capital?

O Venture Capital é um tipo de investimento em que os recursos são aplicados em uma empresa com perspectiva de crescimento rápido e alta rentabilidade.

Esse tipo de investimento é voltado para pequenas e médias empresas e a aplicação pode ocorrer de diversas formas como, por exemplo, por meio da aquisição de ações ou direitos de participação.

Outra possibilidade que o Venture Capital proporciona é por meio de fundos de investimentos estruturados. Esses fundos são regulados pela Comissão de Valores Mobiliários e constituídos como Fundos de Investimento em Participações (FIP) ou Fundos Mútuos de Investimento em Empresas Emergentes (FMIEE).

Como funciona o Venture Capital?

Quando os investidores decidem injetar dinheiro na empresa, não são investidos apenas recursos e se espera as coisas acontecerem para gerar lucro, a intenção é dar suporte para startups e empresas por meio da compra de uma participação acionária.

Além do investimento, é possível que executivos ocupem cargos estratégicos e tenham participação ativa nos termos de propriedade e controle da empresa, além de metas sobre o investimento e exigências de proteções e preferências contratuais.

O que é Private Equity?

De maneira geral, o Private Equity são fundos que investem capital direto nas empresas. Diferente do mercado de ações, ele é feito em instituições que não possuem capital aberto. Em troca do investimento, os investidores recebem uma participação no capital social das empresas.

Esse tipo de investimento pode ser feito diretamente por empresas, fundos de investimento e até investimento individuais. E assim como no Venture Capital, o Private Equity também prevê a participação dos investidores.

E aí, qual desses métodos de investimento vale mais a pena para o seu negócio? Agora é hora de decidir e aplicar para que sua empresa cresça ainda mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram